Criatividade torna projetos universais
Designer de Interiores desde o início dos anos 70 e luminotécnica há mais de 15 anos, Maria Luiza Junqueira da Cunha, associada à ABD – nº 393, desenvolveu o projeto luminotécnico do Coffee Shop da mostra Hotel Design 2005, realizada durante a Equipotel. A qualidade técnica da sua proposta ganhou repercussão com a publicação de uma matéria especial de capa na revista Hotéis.

A luz como cenário

O Hotel Design que acontece dentro da Equipotel, e ano a ano vem se firmando como um importante espaço para a apresentação de novos produtos e soluções para o mercado hoteleito..

Com o projeto para o Coffee Shop, a M LIGHT ILUMINAÇÃO & PROJETOS LTDA.apresentou peças criadas e montadas pela lighting designer Maria Luiza Junqueira da Cunha, titular da empresa. O lustre central e das arandelas que ladeavam a linda cristaleira são exemplos de como a criatividade e a especialização tornam o trabalho de um profissional um diferencial para projetos de espaços comerciais.

A iluminação foi seu fator diferencial. Ela trabalha conforme o layout proposto e, com isso. “Temos que levar em conta as necessidades do cliente, suas preferências, dificuldades físicas e ou monetárias para definir a localização dos pontos e a especificação dos aparelhos com suas lâmpadas”, explica Maria Luiza.

Segundo ela, a luz permite a flexibilidade para se acentuar pontos e espaços dando o detalhamento que faz a diferença. “E essa imagem artificial faz parte de nossa vida hoje”, diz.

Novos produtos

O lustre criado por Maria Luiza tem sua estrutura em aramado dourado em formato quadrado de 500 x 500 x 150 mm, com acabamento lateral em tecido de seda amarronzado na tonalidade do café e compatível com a tonalidade dos tozetos de alabastro em seu tom róseo.

Os tozetos têm 80 x 80 x 10 mm, furos centrais para poderem ser alinhavados e sustentados por acabamento dourado e cristais tchecos. Sua sustentação no teto deu-se por correntes douradas nos quatro cantos. Na parte central um pendural dourado com quatro soquetes E27 para lâmpadas incandescentes de 100w.

As arandelas seguiram a mesma linha, sendo retangulares de 270 x 160 x 120 mm com duas lâmpadas pêra de 60w up & down light.

• Nas paredes estavam as lâmpadas dicróicas de 50w/12v.
• Focando as cadeiras e centro da mesas, foram colocadas AR111 50w/12v.

Sublimando o divisor de vidro e mármore foram colocados os leds azuis com cristais tchecos para entrar no clima da tonalidade máxima do espaço e do painel na parede do fundo que sua primazia era o azul.

Nas prateleiras contrarias onde estavam os grãos de café entre a madeira e o vidro; contornando internamente a madeira, foi colocado em sua extensão na vertical o lightflex azul entrando com isso também no clima azulado do espaço.